Sáb 4

“Já o verme – este operário das ruínas –
Que o sangue podre das carnificinas
Come, e á vida em geral declara guerra,
Anda a espreitar meus olhos para roê-los,
E há de deixar-me apenas os cabelos,
Na frialdade inorgânica da terra!”

Resumindo, este corpo já não mais me pertence… Enfim, em meio aos incríveis problemas físicos estamos sempre aí!

Para começar a noite, um par de galochas para os manos, na Heart & Sole, for free.

08-07-09_008

Botas -> 0L$

Anúncios